Caldas Aulete

O lexicógrafo português Francisco Júlio de Caldas Aulete (1823-1878) nunca viu a conclusão do Dicionário contemporâneo de língua portuguesa, que levou o seu nome. Na data de sua morte, a escrita do dicionário ainda se encontrava na letra A, e o projeto foi levado à frente por Santos Valente. Caldas Aulete era também professor, escritor, político e jornalista. Trabalhou em liceus portugueses e escreveu diversas obras de referência, além de cadernos para exercícios de caligrafia.

Não há comentários, seja o primeiro a comentar